Vítima, de 50 anos, foi encontrada ensaguentada em dos quartos da casa.

Funcionário da propriedade havia ido investigar latidos dos cães quando ouviu o disparo.

Ninguém foi preso.

Um homem de 50 anos foi morto na noite desta terça-feira (14) na zona rural de Mutum (MG).

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi encontrada caída no chão e ensaguentada em um dos quartos na casa onde morava.

A identidade dele não foi divulgada.

Ainda de acordo com a PM, um funcionário da vítima contou que horas antes o homem havia recebido um irmão e de um sobrinho e que, enquanto jantavam, perceberam que os cachorros da propriedade latiam muito. Após as visitas irem embora, o homem pediu ao funcionário que fosse investigar o motivo da agitação dos cachorros, sugerindo que pudesse ser um cachorro do mato atacando as galinhas da propriedade. O funcionário contou aos militares que havia se afastado cerca de 100 metros da casa quando ouviu um disparo de arma de fogo e voltou para a residência, chamando pelo patrão.

Ele disse que entrou na residência e encontrou o homem ensaguentado, mas que o patrão fez sinal para que ele saísse em silêncio.

O funcionário disse que fugiu e foi de moto até a casa de uma irmã da vítima avisar sobre o ocorrido. O irmão da vítima foi ouvido pelos policiais e contou que durante o jantar a vítima chegou a dizer que era a última vez que chupava manga.

O irmão disse ainda que sabia que a vítima havia se desentendimento com dois homens em um bar.

Os militares localizaram os dois indivíduos apontados pelo irmão da vítima, mas eles negaram qualquer problema com o homem.

Os policiais fizeram buscas, mas nada de suspeito com encontrado com os dois indivíduos.

Ninguém foi preso.

O crime será investigado pela Polícia Civil. Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.